PRODUÇÃO AGRÍCOLA SEGUIRÁ NORMALMENTE EM MEIO A RESTRIÇÕES POR CORONAVÍRUS, DIZ CNA

A produção agrícola do Brasil seguirá ocorrendo normalmente em meio às medidas de combate ao coronavírus, disse nesta quarta-feira a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), afirmando que as restrições não atingirão o setor alimentício.

Segundo a entidade, as medidas aplicadas por governos no combate à doença --como isolamento social-- não podem ser absolutas, e a cadeia de produção e comercialização de alimentos deve permanecer sem alterações, assim como os serviços de saúde, uma vez que a demanda não será reduzida pela crise.

"Do contrário, se faltarem alimentos ou se houver irregularidades no abastecimento, a saúde das pessoas será afetada e a própria harmonia social, que tanto precisamos nessa hora, será atingida", disse a CNA em comunicado.

A confederação acrescentou que espera que o governo assegure a proteção à cadeia de abastecimento alimentício durante a crise.

Já foram confirmados 291 casos de coronavírus no Brasil, segundo o mais recente balanço do Ministério da Saúde, com uma morte registrada. O governo federal solicitou na noite de terça-feira que o Congresso reconheça o Estado de calamidade pública.


Fonte: Reuters

Rua Caraguatatuba, 4.000 Bloco 2 / CEP 14078-548 / JD Joquei Clube / Ribeirão Preto / SP

16 3626-0029 / 3626-0241 / contato@assovale.com.br

Criação de sites GS3