Açúcar e soja são destaque na exportação neste ano no Porto de Santos

Exportações no acumulado do ano somaram 58,176 milhões de toneladas, aumento de 4,6% ante igual intervalo de 2015.

As exportações de açúcar e do complexo soja pelo Porto de Santos (SP) aumentaram 19,2% e 10,8%, respectivamente, de janeiro a agosto e foram os principais produtos embarcados pelo terminal, segundo dados divulgados pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). Os embarques de açúcar atingiram 12,867 milhões de toneladas e os do complexo soja (grãos e farelo) chegaram a 17,767 milhões de toneladas no período. Outros produtos com destaque em volume na pauta de exportações foram carnes (+4,3%) e sucos cítricos (+6,9%).

As exportações pelo Porto de Santos no acumulado do ano somaram 58,176 milhões de toneladas, aumento de 4,6% ante igual intervalo de 2015, e sustentaram a alta de 1,3% na movimentação total no porto no período. As vendas externas responderam por 74% das 78,6 milhões de toneladas movimentadas pelo porto nos oito primeiros meses de 2016. Já as importações no acumulado do ano, de 20,445 milhões de toneladas, recuaram 7,1% ante igual período do ano passado.

A soja foi responsável por 14,8% do valor gerado pelas exportações do porto até agosto, de US$ 35,6 bilhões, destinada principalmente a China, Tailândia e Irã. O açúcar respondeu por 10,7% da receita das vendas externas no período, tendo como principais destinos China, Índia e Bangladesh.

Nas importações, o produto com maior participação em volume foi o adubo, com 1,968 milhão de toneladas importadas (+39,1%). Apresentaram também crescimento no período as importações de gás liquefeito de petróleo (37,9%), trigo (33,4%), soda cáustica (14,8%) e amônia (10,7%). A Codesp informou ainda que a movimentação de contêineres voltou a cair, somando 2,335 milhões teu (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), baixa de 7,8% ante o registrado de janeiro a agosto de 2015.

A participação de Santos na corrente comercial do país alcançou US$ 62 bilhões, 28,9% do total brasileiro (US$ 214,8 bilhões). Em igual intervalo do ano passado, a participação foi de 27,4% (US$ 68,4 bilhões) sobre o total do país (US$ 249,4 bilhões).

A China permanece na liderança do ranking dos parceiros comerciais de Santos tanto na exportação como importação, com participação de 17,7% e 19,9%, respectivamente. Os EUA ficam em segundo lugar também nos dois fluxos, respondendo por 11,3% das exportações brasileiras e 17,3% das importações.

Movimento mensal

Em agosto, os embarques e descargas somaram 10,661 milhões de toneladas, 6,2% abaixo do registrado em igual mês de 2015 (11,365 milhões de t). As exportações atingiram 7,740 milhões de toneladas, 10% inferiores ao movimento de agosto de 2015 (8,599 milhões de t). Já as importações somaram 2,920 milhões de toneladas, alta de 5,6% no período (2,766 milhões de t).

No mês passado, os aumentos no fluxo de exportação foram referentes a açúcar (+32,7%) e farelos (+32,0%). Na importação, destacaram-se o adubo (+40,6%), gás liquefeito de petróleo (+53,5%), trigo (+93,3%) e soda cáustica (+39,0%). A carga por contêiner totalizou 336.839 teu, queda de 0,6% ante igual mês de 2015 (338.859 t).


Fonte: Estadão.

Rua Caraguatatuba, 4.000 Bloco 2 / CEP 14078-548 / JD Joquei Clube / Ribeirão Preto / SP

16 3626-0029 / 3626-0241 / contato@assovale.com.br

Criação de sites GS3