Baixa umidade no solo preocupa produtor

A frente fria que está no litoral da Bahia provocou grandes volumes de chuva no estado e no decorrer do dia mantem as condições de pancadas no centro-norte do Brasil. A umidade se espalha e com isso, produtores do Mato Grosso continuarão com os trabalhos de plantio. Porém, como em todo o restante do Brasil, o tempo permanecerá firme e sem previsões para chuvas, as condições ao plantio da soja, milho, feijão e arroz poderão ser prejudicados, uma vez que os níveis de umidade do solo já estão baixos em muitas propriedades.
De acordo com o agrometeorologista Marco Antonio Santos, assim, como os grãos, lavouras perenes de café, cana de açúcar e laranja também sentem a falta de chuvas e consequentemente os baixos níveis de umidade do solo. Ainda não há relatos de perdas, mas a situação começa a ficar preocupante em algumas localidades do Sudeste. O tempo firme possibilita o rápido avanço da colheita da cana de açúcar em São Paulo, que apresenta rendimento abaixo do esperado para essa época do ano.


Fonte: Climatempo

Rua Caraguatatuba, 4.000 Bloco 2 / CEP 14078-548 / JD Joquei Clube / Ribeirão Preto / SP

16 3626-0029 / 3626-0241 / contato@assovale.com.br

Criação de sites GS3