Comitiva chinesa visita Secretaria e busca informações sobre a produção paulista de cana-de-açúcar

Uma delegação da província de Chong Qing, situada no interior da China, visitou a sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para saber mais sobre a produção agropecuária paulista. Uma das quatro províncias da China, Chong Qing tem mais de cinco milhões de habitantes, e entre as principais atividades agrícolas estão o cultivo de cereais, laranja, tabaco e seda, além de contar com depósitos de carbono, gás natural, alumínio, estrôncio, mármore e mercúrio.
A comitiva chinesa, composta por oito visitantes, foi recepcionada pela diretora-técnica do Instituto de Economia Agrícola (IEA), Marli Dias Mascarenhas Oliveira, que falou sobre as principais atribuições da Pasta e apresentou as atividades realizadas pelo instituto de pesquisa, como o levantamento do Valor da Produção Agropecuária (VPA), Estimativas e Previsões da Safra e o Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) . “Ressaltamos a importância do trabalho desempenhado pelo IEA para fornecer dados e estatísticas que contribuem para formular políticas públicas para ampliar a produtividade no segmento agropecuário, assim como ajudam a orientar os produtores rurais e a sociedade”, avaliou a diretora.
Os visitantes puderam esclarecer as principais dúvidas sobre a coleta de preços e a cultura da cana-de-açúcar no Estado paulista com os pesquisadores científicos da Secretaria, José Roberto da Silva, Katia Nachiluk e Rejane Cecília Ramos, que atuam no IEA.
Interessados nas práticas sustentáveis promovidas pelo governo paulista, os visitantes também conheceram os resultados do Protocolo Agroambiental, projeto realizado pelas Pastas de Agricultura e Abastecimento e do Meio Ambiente em parceria com a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) e a Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), para estimular e consolidar o desenvolvimento da produção sustentável de cana-de-açúcar no Estado.
Os representantes da comitiva avaliaram a visita como “muito boa e importante para conhecer as áreas mais promissoras da agricultura brasileira, especialmente no que se refere à soja e à cana-de-açúcar”. De acordo com dados do IEA, a China foi o segundo maior mercado consumidor de açúcar e terceiro do etanol brasileiro, representando, respectivamente, 9,9% e 4,7% do total de exportações do País em 2015.


Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Rua Caraguatatuba, 4.000 Bloco 2 / CEP 14078-548 / JD Joquei Clube / Ribeirão Preto / SP

16 3626-0029 / 3626-0241 / contato@assovale.com.br

Criação de sites GS3