Faturamento do setor agropecuário deve recuar 1,04% em 2016

Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária brasileira deve registrar queda de 1,04% neste ano chegando a R$ 541,45 bilhões. A estimativa é feita pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que analisou a receita da atividade "da porteira para dentro" de 25 culturas.

A redução na estimativa de colheita da safra 2015/2016, por conta dos problemas climáticos causados por estiagens ou excesso de chuvas, é o principal fator de queda no faturamento do setor agropecuário.

Segundo dados da CNA, o desempenho do segmento agrícola, terá queda de 1,83% na comparação com o ano passado e chegará a R$ 339,7 bilhões. A soja, que representa a maior parte do VBP, 23,3%, terá recuo de 2,2% na receita (R$ 126,6 bilhões), por conta da redução dos preços médios da oleaginosa neste ano e a estimativa menor de produção.

O milho, que tem participação de 9,6% no valor bruto da produção, terá incremento de 14,8% na receita e alcançará faturamento de R$ 52,4 bilhões, fato atribuído aos bons preços, que estão 40,6% superiores aos patamares do ano passado. A safra de verão do grão terá queda de área e produtividade, enquanto a segunda safra terá queda de produtividade, mas expansão de área plantada. Neste contexto, a colheita total deve ter queda de 18,3% em relação a 2015.

Em relação à pecuária, o faturamento terá ligeiro aumento de 0,33% em relação a 2015, totalizando R$ 201,6 bilhões. Entretanto, apenas os setores de frango e ovos devem aumentar as receitas, em 3,5% e 4,6%, respectivamente, por conta da alta da produção. Para a carne bovina, que responde por 18,8% do VBP, a receita ficará estável em R$ 101,8 bilhões, recuo de 0,1% na comparação com 2015. As maiores projeções de queda são para os suínos (4,2%). Para o leite, a redução no VBP será de 1,2% por causa de uma produção menor.


Fonte: Datagro – 21/07/2016.

Rua Caraguatatuba, 4.000 Bloco 2 / CEP 14078-548 / JD Joquei Clube / Ribeirão Preto / SP

16 3626-0029 / 3626-0241 / contato@assovale.com.br

Criação de sites GS3